Home » » DIÁLOGOS...MEUS

DIÁLOGOS...MEUS

No meu silêncio esta guardada a minha revolta
No meu olhar as palavras que não digo e calo
Nos meus gestos,a frustração da impotência
No vazio do dia a dia,a solidão nunca procurada
Nas noites que passam,só o vazio da escuridão
Nas palavras que ouço,a esperança que perdi
Nos meus sorrisos,moram as minhas lágrimas
Nos meus passos um caminho sem retorno nem fim
Perdi-me algures,e não me consigo encontrar,
Sozinho,Sozinho,Sozinho
E quanto menos procuro a solidão mais sozinho me
sinto
Amargurado,sem saber como fazer-me entender
Fecho-me em mim,cansado das palavras
Procuro um nascer do Sol,no desconhecido
Renascer de novo em algum lugar distante
Voltar a escrever uma historia com final feliz
Ter a volta desconhecidos,porque afinal o que eu 
quero é não estar
SOZINHO,SOZINHO,SOZINHO

J.C.



 
Support : Copyright © 2015. pura mente impropria - All Rights Reserved