Home » » Poesia ao vento

Poesia ao vento


o vento sopra
o tempo tem pressa
movimentos rápidos
movimentos lentos
um frio na espinha
pernas tremulas
olhos e bocas traduzem o desejo

A poesia escorre
O fogo aquece a alma
meia noite,parece meio dia
sorria
com os sussurros da madrugada
Beijos suas costas
nuas
Sob a luz da lua
Vejo além  das estrelas
o brilho dos seus olhos
Os corpos se agitam
mãos navegam os corpos
Passeiam em formas e cores
As linguas saboreiam o desejo
Nossas almas gozam
corpos se transformam num só momento
liquidos transbordam o quarto
olhos fechados
palavras ofegantes
amores e amantes

By Nega e Vertigo

uma honra escrever com você poeta.....
 
Support : Copyright © 2015. pura mente impropria - All Rights Reserved