Home » » «Egoísta, predador, agressivo, violento, impulsivo»

«Egoísta, predador, agressivo, violento, impulsivo»

É como o desejo sexual masculino é caracterizado, segundo Franco La Cecla. 
Volto a citar, «Egoísta, predador, agressivo, violento e impulsivo». 
Gosto dos adjectivos usados, faz com que se torne mais saboroso. A minha opinião é que são características inatas, e que depois algum deles, felizmente, adaptam-se e melhoram, de egoístas  passam a partilhar, as vezes querendo dar ainda mais prazer a sua parceira, até porque não há nada mais frustrante para um homem que não satisfazer a sua parceira. Confesso que parte da culpa, muitas vezes é nossa. Nós fingimos, e omitimos algumas verdades, porque as vezes custa dizer que não é tão bom naquilo ou que poderia melhorar, isto e aquilo.
Predador, o homem adora "ir a caça", como se diz, adora sentir que ainda consegue conquistar e ter um efeito positivo no alvo. Eu particularmente gosto que eles pensem que eu sou a presa, quando no fundo são eles que estão a ser caçados e nem se apercebem.
Agressivo, é notório que a grande maioria dos homens gosta de sexo mais bruto, seja palmadas, agarrar o cabelo, fazer movimentos com a cabeça da parceira durante o sexo oral, agarrar com força a fim de saciar melhor. Está no momento. E impulsivo. Sem dúvida, muitas vezes pensam com a cabeça de baixo e dá merda. No que toca ao sexo, quando eles desejam, não conseguem pensar direito.
Agem e só depois medem as consequências...


 
Support : Copyright © 2015. pura mente impropria - All Rights Reserved