Home » » A realidade

A realidade


"Nada de preliminares, de carícias, de preparações, de sofisticações, apenas ele dentro de mim, e eu em sua alma. Entrava e saía, aumentava e diminuía o ritmo, parava às vezes para me olhar também, mas não perguntava se eu estava gostando, porque sabiá que esta era a única maneira de nossas almas se comunicarem naquele momento. O ritmo aumentou, e eu sabiá que os onze minutos estavam chegando ao fim, queria que continuassem para sempre, porque era tão bom  - ah, meu Deus, como era bom  - ser possuída e não possuir!"

Onze Minutos - Paulo Coelho


 
Support : Copyright © 2015. pura mente impropria - All Rights Reserved